quinta-feira, 10 de junho de 2010

Retratação sobre matéria publicada neste blog.

Prezados leitores,

No dia 07 de junho de 2010, publiquei neste blog a matéria intitulada "Impunidade põe vida de pessoas em risco"onde menciono a realização de manobras arriscadas praticadas por um motorista que há algum meses atrás se envolveu em um acidente que vitimou duas pessoas.

Quero aqui RETRATAR-ME sobre a afirmação de que o mesmo estaria "VISIVELMENTE EMBRIAGADO", já que tomei como base os comentários de populares que estavam na praça central e presenciaram as manobras arriscadas feitas pelo motorista.

De fato, vi a cena, porém, eu não tinha condições de afirmar que o mesmo estava embriagado ao conduzir o veículo. Algo que somente seria possível mediante teste técnico com uso de aparelho específico para essa finalidade.

Registro aqui a minha falha e minha retratação.
ClaudiMar Silva


2 comentários:

casagrande disse...

"Mãe! Fui a uma festa, e me lembrei do que você me disse.

Você me pediu que eu não tomasse álcool, mãe... Então, ao invés disso, tomei um 'sprite'. Senti orgulho de mim mesma, e do modo como você disse que eu me sentiria e que não deveria beber e dirigir. Ao contrário do que alguns amigos me disseram.

Fiz uma escolha saudável, e seu conselho foi correto. E quando a festa finalmente acabou, e o pessoal começou a dirigir sem condições Fui para o meu carro, na certeza de que iria para casa em paz... Eu nunca poderia imaginar o que estava me aguardando, mãe .. Algo que eu não poderia esperar ...

Agora estou jogada na rua, e ouvi o policial dizer : 'O rapaz que causou este acidente estava bêbado'... !

Mãe; sua voz parecia tão distante.. Meu sangue está escorrido por todos os lados e eu estou tentando com todas as minhas forças, não chorar...

Posso ouvir os paramédicos dizerem: 'A garota vai morrer' ..

Tenho certeza de que o garoto não tinha a menor idéia, enquanto ele estava a toda velocidade, afinal, ele decidiu beber e dirigir, e agora tenho que morrer... Então por que as pessoas fazem isso, mãe? Sabendo que isto vai arruinar vidas?

E agora a dor está me cortando como uma centena de facas afiadas... Diga a minha irmã para não ficar assustada, mãe! Diga ao papai que ele seja forte. E quando eu for para o céu, escreva 'Garotinha do Papai' na minha sepultura...

Alguém deveria ter dito aquele garoto que é errado beber e dirigir. Talvez, se seus pais tivessem dito, eu ainda estaria com possibilidades de continuar viva.

Minha respiração está ficando mais fraca, mãe e estou realmente ficando com medo... Estes são meus momentos finais e me sinto tão despreparada! Eu gostaria que você pudesse me abraçar, mãe...

Enquanto estou estirada aqui, morrendo, eu gostaria de poder dizer que te amo, mãe! Então : Te amo e adeus!"

Essas palavras foram escritas por um repórter que presenciou o acidente. A jovem, enquanto agonizava, ia dizendo as palavras e o repórter, anotando, muito chocado.

Em Someone Should Have Told Him a autoria do poema é atribuída a Andrea Nichole Wright, estudante de Jacksonville, Flórida.

Luiz Teotônio Mendes disse...

Entendo sua dignidade. Me desculpe mais não aceito sua retratação e você não deveria ter removido a matéria.
Vou explicar a você e a todos, porque: Quando um indivíduo se apossa do volante de um carro e o usa colocando em risco a vida de qualquer cidadão, ele já comete um crime e quando vem vitimar ele comete um segundo crime, se alcoolizado comete outro crime. Portanto independente da idade do péssimo, imprudente e irresponsável motorista em questão, ele tem que responder juridicamente pelos seus atos por DIREÇÃO PERIGOSA. Se houve vítima fatal na irresponsabilidade deste amador e péssimo motorista que provavelmente não tenha carteira de habilitação ou a comprou pessoalmente ou por telefone, oriento a quem sofre soa perda ou ficou incapacitado fisicamente para o resto da vida ou lesionado, independente do seu poder aquisitivo, a ingressar junto a PROMOTORIA PÚBLICA (direito de todos brasileiros) através da promotor local em Icapúi ou em Aracati ou Fortaleza, para que o indivíduo responda processo por DIREÇÃO PERIGOSA com VÍTIMAS e também que seja pedido o exame de MINERALOGRAMA, o exame do cabelo dele, unhas ou dente, porque lá está o registro de todas as substâncias tóxicas e químicas absorvida pelo organismo dele, utilizadas nos últimos 3 meses. Não tem que se perder tempo nestes casos. Você não precisa de se retratar não, porque o irresponsável cometeu estando embriagado, drogado ou não, vários crimes. E convenhamos que ninguém que tenha responsabilidade ao volante comete estas irresponsabilidades. Agora se o indivíduo não tem Carteira de Habilitação o quadro se complica mais ainda porque o dono do veículo também é responsável pelo crime e responderá também criminalmente. A Lei existe e se procurada a tempo será cumprida e com certeza seus infratores irão responder pelos seus atos criminosos. Oriento também que as famílias envolvidas procurem a imprensa televisiva, que no Ceará prima pel cidadão - foi lastimável e criminosa a famigerada manobra da “reudis grobro” em conseguir fechar o sinal da TV DIÁRIO para as parabólicas do Brasil e demais países da América do Sul, porque com este apoio o processo toma outros caminhos o caminho da agilização. A imprensa brasileira que deve tudo e muito mais ao cidadão brasileiro, também é um braço forte nestas horas.
Usar arma de fogo, branca ou um automóvel dirigindo perigosamente, é crime quase que nas mesmas proporções, porque todos podem tirar a VIDA do PRÓXIMO.

Aquele abraço!