segunda-feira, 5 de julho de 2010

ICAPUÍ MELHORA IDEB: BOA NOTÍCIA?

O resultado do IDEB foi divulgado na ultima quinta-feira e hoje os dados gerais do IDEB-2009 foram divulgados. O município de Icapuí melhorou nos índices tanto nas séries iniciais quanto finais.

Para ter resultado dados do IDEB, acesse AQUI.

Leia a matéria postada no blog da Secretaria da Educação e Cultura.



ICAPUÍ MELHORA IDEB: BOA NOTÍCIA?

De acordo com dados publicados pelo INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) no dia 01 de Julho para todo o País, o município de Icapuí obteve importante melhora no IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) no ano de 2009. Em 2005, o município foi avaliado pelo mesmo sistema e obteve a classificação de "baixo IDEB", com média 2,5 mediante a meta traçada pelo Ministério da Educação, e passou a fazer parte dos municípios prioritários do Ceará, que eram cerca de 3o municípios com baixo IDEB. A partir de então, por meio de maiores processos de acompanhamento e investimentos nas políticas de educação, o Ministério da Educação, em parcerias com o Estado, Universidades e Municípios, investiu na melhoria da qualidade da educação básica nestes municípios, em especial pro meio do Plano de Ações Articuladas (PAR) elaborado em 2007 em todos os municípios prioritários.

Mediante essas ações, o município passou a apresentar na segunda avaliação em 2007, uma melhora no índice dos anos iniciais (1a a 4a séries), que passou de nota 2,7 para nota 3,3. Nos anos finais (5a a 8a séries) de nota 2,4 para nota 3,2) superando as projeções do MEC. Em 2009, segundo os dados recém publicados, novamente o município alcança boa nota na avaliação do IDEB. Nos anos iniciais, passou de 3,3 (2007) para 3,8 (2009), quando a projeção era de 3,0. Nos anos finais passou de 3,2(2007) para 3,6 (2009), quando a projeção era de 2,6. De modo geral, no Estado do Ceará os municípios conseguiram melhorar seus dados no IDEB, incluindo aí os que foram considerados prioritários, como Icapuí.

Resultados à parte, há, na verdade, uma acelerada corrida dos municípios por apresentar indicadores positivos mediante as políticas do MEC, e isso tem causado, com certeza, as melhorias detectadas. Não significa, de um ponto de vista mais crítico, que a concretização desses dados revelem melhorias reais na aprendizagem dos alunos. Faz-se necessário acompanhar com preocupação se esses dados vem se revertendo em qualidade social da educação nacional, estadual e municipal. 

Um comentário:

Francisco disse...

Os indices ainda são muito aquem do ideal mais o poder publico atraves da SEDUC quer ainda rebaixar os salarios do professor como forma de melhorar estes indices, matendo os prestadores de serviços dois,tres meses sem pagamento.