segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Marcos Nunes defende estrada que ligue Icapuí a Jaguaruana

O vereador Marcos Nunes em pronunciamento na Sessão da Câmara no dia 02/09 defendeu o envolvimento das lideranças do município de Icapuí e os políticos que os mesmos apóiam para a construção de uma estrada que ligue o município de Icapuí a Jaguaruana, no entendimento do parlamentar essa estrada daria uma grande alavancada no desenvolvimento da fruticultura, da agricultura familiar e do turismo do município de Icapuí.
 
Segundo o vereador é esse tipo de ação que visa melhorar a qualidade de vida do povo, possibilitando dignidade e qualidade de vida para população.
 

2 comentários:

Francisco disse...

Muito sensata e oportuna à idéia do vereador Marcos Nunes sobre a viabilização de uma estrada que ligue os municípios de Icapuí a Jaguaruana, o parlamentar usa como um dos argumentos para justificar a obra o estimulo a fruticultura na região. O jornal Diário do Nordeste publica no seu editorial do dia 08 de setembro texto que trata muito bem essa questão, colocando inclusive algumas experiências exitosas nos municípios de Catarina, Crato, Missão Velha e Mauriti. Segundo a matéria o negocio da fruticultura se bem conduzido mostra-se muito rentável e em alguns dos municípios citados tem tido inclusive investimento da iniciativa privada, frutas como maracujá, goiaba, laranja e hortaliças todas com emprego do sistema de irrigação são cultivado nestes municípios e que podem perfeitamente ser empregada na nossa região. Além da fruticultura, da agricultura familiar e do turismo que foram os setores que segundo o vereador seriam beneficiados diretamente pela construção da estrada a matéria coloca também a utilização de uma experiência já vivida em nosso município a utilização da energia do sol como matéria prima para exploração usinas de produção de energia solar.

Francisco disse...

Muito sensata e oportuna à idéia do vereador Marcos Nunes sobre a viabilização de uma estrada que ligue os municípios de Icapuí a Jaguaruana, o parlamentar usa como um dos argumentos para justificar a obra o estimulo a fruticultura na região. O jornal Diário do Nordeste publica no seu editorial do dia 08 de setembro texto que trata muito bem essa questão, colocando inclusive algumas experiências exitosas nos municípios de Catarina, Crato, Missão Velha e Mauriti. Segundo a matéria o negocio da fruticultura se bem conduzido mostra-se muito rentável e em alguns dos municípios citados tem tido inclusive investimento da iniciativa privada, frutas como maracujá, goiaba, laranja e hortaliças todas com emprego do sistema de irrigação são cultivado nestes municípios e que podem perfeitamente ser empregada na nossa região. Além da fruticultura, da agricultura familiar e do turismo que foram os setores que segundo o vereador seriam beneficiados diretamente pela construção da estrada a matéria coloca também a utilização de uma experiência já vivida em nosso município a utilização da energia do sol como matéria prima para exploração usinas de produção de energia solar.