segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Empresa suspende transporte dos estudantes universitários de Icapuí

Os estudantes universitários, que cursam faculdades em Aracati-CE e Mossoró-RN, foram surpreendidos nesta segunda-feira, no momento em que esperavam os ônibus, com a notícia que o transporte estava suspenso. O dono da empresa de ônibus, Claudio Vieira, disse aos estudantes que aguardavam o transporte na Praça Central, que a razão da suspensão é o atraso nos repasses mensais que a Prefeitura Municipal de Icapuí realiza para ajudar no custeio do transporte dos universitários.

Cerca de 150 estudantes de Icapuí viajam todos os dias para as universidades e cursos tecnicos nas cidades de Aracati e Mossoró, e estão organizados através da Associação Universitária do Município de Icapuí - ASSUMI. Ao todo, a ASSUMI disponibiliza diariamente três ônibus para Mossoró-RN, um pelo turno da manhã e dois pelo turno da noite, e mais um ônibus para Aracati no turno da noite.

A Prefeitura Municipal de Icapuí ajuda no transportes dos estudantes com aproximadamente 50% do que é pago a empresa de ônibus. Os outros 50% é rateado entre os usuários dos transportes. O valor do repasse é de 10 mil reais mensais. Isso foi uma garantia do Prefeito Irmão Edilson para o desenvolvimento do municipio. Segundo a empresa, há vários meses que o repasse da prefeitura não estão sendo pagos e que não tem condições de manter as despesas somente com o que é arrecadado com os estudantes, pois alguns também atrasam a mensalidade.

Segundo a Direção da ASSUMI, que entrou em contato com o dono da empresa, foi firmado acordo para o retorno amanhã do serviço de transporte universitário, mediante compromisso de que todos os estudantes acertem a mensalidade devida referente ao mês de setembro, ainda esta semana.

7 comentários:

Fábio Pontes disse...

Está mais que comprovado o desmantelo que está havendo no município de Icapuí, além de diversos outros problemas vividos (saúde, educação, abastecimento de água etc) a PMI ainda está deixando de cumprir com um simples repasse (10 mil) que certamente ajudará de forma grandiosa aos universitários de Icapuí, que nesse exato momento mostram-se em grande número. Como uma cidade poderá prosperar se seu gestor não cumpri com suas necessidades básicas?
Bem que o tal Irmão Edilson poderia dar uma atenção maior e mais prontificada aos estudantes de Icapuí, pois o futuro desta cidade dependerá da formação dos mesmos.

Prof. Mauro disse...

Me espanta a atitude do proprietário dos transportes universitários, uma vez que o mesmo é um forte apoiador das ações desenvolvidas na Administração "O Povo Construindo o Novo". Isso reflete a falta de organização na gestão de nosso município que encontra-se a mercê de disputas políticas e familiares.
Espero que nosso povo possa refletir sobre o estágio a que chegamos, fazendo as ponderações necessárias quando for necessário.
Acorda Icapuí! O povo tem novamente a direção da barca.

Fábio Pontes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Emerson Teixeira Lima disse...

Olá,
Faz algum tempo que acompanho teu blog e só agora comentei... nossa muito legal tudo aqui em?
Sempre que posso dou uma passadinha por aqui, alias salvei até nos favoritos para não perder o link rsrs
, pois falar nisso eu tenho um blog também “ CINEMA MÁGICO “ poderia segui-lo ?
Seria muito legal você acompanhando nosso blog!
http://www-cinemagico.blogspot.com/

procad disse...

Como é possível?! Os serviços na saúde não funcionam, a população sofre com a ausência de água, a energia dos prédios públicos é cortada, ah! O que é feito com os royalyties da prefeitura de icapuí? Aquele pólo de lazer em frente à Escola Mizinha, para onde foram às verbas? Por que parou? E os prestadores de serviços, foram pagos? ETC. ETC. ETC... E agora é o apoio a educação.

E agora Sr. Prefeito ou Sra. Secretária de Educação, a educação municipal que já passa por “maus bocados”, não oferece aos seus filhos “guerreiros” a ajuda básica e necessária para freqüentar a universidade que já é uma conquista travada por meio de muito esforço/dedicação pessoal.

Os pais de família de nosso município sofrem para poder pagar ao menos uma merenda aos seus filhos quando vão à faculdade. Enquanto isso a prefeitura paga aluguel de carros a pessoas que vem apenas “esquentar bando” nesta administração e ir embora.

vamos refletir sobre isso.

Neyzinho disse...

Vejamos como essa é uma situação complicada e complexa: O prefeito assumiu, através do vereador Antônio Carlos, que a partir daquele momento a PMI arcaria com 50% dos gastos com transportes da ASSUMI. O que antes era 5 mil reais passaria a ser 10 mil, 100% de aumento, coisa boa essa, lindas palavras, pelo menos seriam se não passasse de mais uma jogada de marketing furada do nosso prefeito. Só mais um exemplo do poder da palavra de um governante, o SAAE passa por sérios problemas em parte pelo irresponsável pronunciamento de que “o povo não precisa pagar água ao SAAE”.
Agora fica mais uma questão: Como é que esses universitários vão colocar as mensalidades em dias se grande parte deles trabalha na PMI e estão há meses sem ver a cor do salário?

É uma bola de neve, ou melhor, de lama.

Francisco disse...

È minha gente eu sempre que tenho oportunidade tenho dito "ninguem e cego a vida toda podendo enxergar" essa administração ta morta so falta enterrar, é um desmando total, falta tudo, mas como o povo deve ter visto não faltou carros de som com a cantiga do KERo KERO teu, teu, teu ...e as ações do deputado muitas, é companheiro estudantes ja esta mais do que na hora de tomarmos a direção da barca, ou corremos um enorme risco de afundarmos com ela.