quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Associações se unem para reformar a Quadra de Cajuais

Grupo que está ajudando na reforma da quadra

A Associação Desportiva e Cultural de Icapuí-ADECI junto com Associação Cultural Icapuiense - ACICA estão fazendo a reforma da quadra de esportes Elias Carneiro de Freitas, localizada na Rua Filiziolina de Freitas em Cajuais, ao lado da Escola de Ensino Médio Professor Gabriel. Ela foi iniciada na segunda-feira (27/12) com a pintura do piso da quadra.
Pintura do Piso
A quadra foi conseguida pela ACICA a muitos anos e a mais de 8 anos estava abandonada  pela Prefeitura de Icapuí, que teria a obrigação de conservar o espaço para que a comunidade pudesse dispor de um local para a prática de esportes.

A inciativa da reforma deu-se devido aos desportistas do Centro de Icapuí e de Cajuais  não terem espaço para poder jogar. O ginásio municipal no Centro está fechado desde 2004,  sendo que em fevereiro deste ano, as estuturas de ferro do telhado desabaram, depois de 18 dias que foi reinaugurado pela Prefeitura Municipal. A única opção para prática de esportes para essas pessoas seria deslocar até o Ginásio de Mutamba.

O problema da quadra de Cajuais, se estender a várias outras quadras do município , que estão precisando de reformas, tendo algumas alto risco de desabamento do telhado. Uma nova reforma do Ginasio Municipal foi prometida pelo prefeito de Icapuí, Irmão Edilson, logo após o desabamento do ginasio, e essa reforma seria para suprir a necessidade do desportistas do Centro, mas até agora nada foi encaminhado. A Prefeitura iniciou também a construção de uma quadra em na praia de Tremembé, porém não concluiu, deixando somente os restos inacabados. 

Situação das  Muretas
A reforma da quadra de Cajuais começou com a pintura e a retirada dos buracos do piso da quadra. Serão colocados as traves para Futsal, os mastros para volei e as tabelas para basquete. A intenção do grupo é consertar a mureta, que está deteriorada, a colocação de um redão para conter as bolas e reparar a iluminação para realizar jogos noturnos. 


As associações tiveram apoio do Marcos Rebouças, proprietario da empresa Rei dos Parabrisas, para começar a reforma do espaço, mas estão precisando de ajuda de outros empresários da cidade para terminar a reforma e para que a população possa utilizar a praça de esportes de Cajuais.  

Texto e Fotos de Adolfo Maia

5 comentários:

ClaudiMar Silva disse...

Dois parabéns....

O primeiro vai pra Adolfo Maia, que finalmente resolveu fazer reportagem de campo... kkkk e foi brilhante.

O segundo vai para os desportistas envolvidos nesse mutirão que, ao invés de somente criticar e apontar esse ou aquele culpado do estado de abandono das quadras, arregaçaram as mangas e puseram mãos à obra.

A iniciativa deles alcança dois objetivos com uma única ação: chamar a atenção dos governantes para a importância de investimentos no esporte no município e a devida manutenção dos espaços esportivos; e a disponibilização de um espaço para prática de esportes, mesmo que em condições mínimas, já que seria necessário uma mega-reforma desses espaços para deixá-los na forma ideal para utilização.

Essa pequena reforma supri uma necessidade imediata dos desportistas, mas muito ainda precisa ser feito para colocar o esporte local como prioridade no desenvolvimento social da cidade.

Parabéns aos desportistas e que outros cidadãos apoiem essa ideia e contribuam com o que puderem.

Professor Wellington Pinto disse...

Os nossos políticos precisam investir no esporte e na cultura, essas atividades ocupa o jovem e os livra da droga. A pior coisa que existe para um jovem é a ociosidade, é aí que o jovem é pego pelas drogas.Quando estudante marista o esporte era prioridade, não me lembro se tinha algum caso de estudante envolvido com droga, quando o portão da escola se abria à tarde os estudantes partiam em disparada para pegar seu lugar na quadra, no campo ou na sala de jogos. Era muito bom aqueles tempos de marista...

Rabelo, C.D. disse...

Onde se minimiza a presença do Estado, se evidencia a força da sociedade civil e do terceiro setor. Não concordo que as políticas públicas devam ser supridas pela comunidade, quando é obrigação do governo ofertá-las e mantê-las. No entanto, fica o elogio às associações pela participação e tomada de posição!

Marquinhos disse...

Todos nós sabemos que Icapuí estar doente, e o motivo e a falta de compromisso do governo municipal com a população icapuiense, principalmente com os nossos jovens. Cadê a CULTURA, O ESPORTE, O TURISMO, A GERAÇÃO DE EMPREGOS E RENDA e outras atividade que tire os jovens desta ociosidade?.
Está na hora da sociedade como todo salva Icapuí, precisamos de pequenas ações seja elas através das associações, empresários, pessoas fisicas ou linderanças politicas do nosso municipio. Chega de abandono de marasmo a nossa juventude precisa de cultura, de esporte, de trabalho e outras ações que venha levantar sua altoestima e da respeito, dignidade e cidadania a toda juventude icapuiense.

sergio araujo 13444 disse...

Quero de antemão parabenizar todos os integrantes da ADECI (Associação Desportiva e Cultural de Icapuí) que mais uma vez faz a sua parte para a melhoria do esporte em nosso município.
Quero também parabenizar o empresário Marcos Rebouças, que deixa o exemplo para outros empresários de nosso município.
O próximo passo agora é conclamar os políticos (deputados eleitos) para conseguir a coberta da quadra.
VALEU ADECI!!