quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Artigo: A arte do público em função do privado

Escrito por Francisco Celestino Cavalcante
Presidente do SINDSERPUMI

O Prefeito de Icapuí (PSDB),demitiu no ultimo dia 04/01/2011 todos os prestadores de serviços e cargos comissionados do governo, além de cortar gratificações.

Tudo bem! Beleza mesmo! Lindo de morrer ou de viver, como queira.

Todos nós já vimos esse filme antes. Mas por que ele se repete?

Entre outros fatores, porque temos a cultura do empreguismo, do compadrio, do toma-lá-dá-cá. Está no DNA. É herança multissecular que prospera com a ignorância da maioria do nosso povo.

É a pratica da maioria dos políticos, principalmente do interior dos estados brasileiros. São os coronéis, irmãos siameses na prática da acomodação de caudatários no poder, mesmo com uma Constituição asseverando que o acesso ao serviço público só tem uma porta: concurso. Por que tantos cargos de "confiança". E os que não o são, podem e devem ser classificados de postos de  "desconfiança"?

Só para se ter uma idéia o estado da França tem pouco mais de 4,5 cargos comissionados. Só Brasília expurgou 15 mil de uma tacada. Ainda devem existir mais uns 10 mil. Quem duvida?

Em Icapuí por varias vezes temos testemunhado este bota-fora. Demissões em massa de comissionados e de prestadores de serviços. Alguns puxados - muitos sem trabalhar - por gestão anterior. Digo isso, porque já vi este filme em outras gestões de nossa cidade. Alguns desses prestadores de serviço, ate hoje não receberam dezembro de 2004.

Portanto não tem essa lorota de "cortar na própria carne", como fala o prefeito e os secretários municipais . No olho dos outros, é refresco.

Um comentário:

procad disse...

Como é possível administrar uma cidade sem planejamento? Para que uma prefeitura, ou mesmo uma empresa privada seja administrada é necessário à consolidação de uma equipe que saiba e que queira trabalhar para o povo visando o bem comum. São seis anos de governo e ninguém vê resultados satisfatórios. Os atuais gestores deveriam mudar o nome Prefeitura Municipal de Icapuí para Empresa Cirilo S/A, pois o que vejo é toda a sua família, fazer como o próprio amigo Celestino, “mamando nas tetas” da maquina pública e agora está tentando maquiar a incompetência que se firmou nestes últimos tempos, demitindo os servidores, que foram e são contratados, não por necessidade, mas sim por favores. Eu pergunto e desafio os leitores deste blog, quem é bom e certo para Icapuí?