terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Artigo - Servidores municipais: desafios para 2011

Escrito pelo Sindicato dos Servidores Públicos 
Municipais de Icapuí.


Mais de cinco milhões de trabalhadores do Brasil fazem parte de uma categoria que está presente no cotidiano das pequenas às grandes cidades: os servidores públicos municipais. São homens e mulheres que diariamente prestam serviços ao conjunto da população, nos mais diferentes espaços, e são fundamentais para o funcionamento das instituições brasileiras. Isso porque a luta pelo fortalecimento do Estado passa necessariamente pela valorização do servidor e dos serviços públicos. 
 
Estamos lançando hoje 14 de Janeiro a Campanha Salarial 2011, realizada pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Icapuí – SINDSERPUMI. . Entre as pautas, garantir ganho real de salário com reajuste de 25% para todos os servidores, concursos públicos, instituir o PCCS da atividade meio e da Saúde. Há também demandas específicas, como o pagamento dos salários dos servidores no 1º dia útil do mês subseqüente, (inclusive dos prestadores de serviços), criar um calendário para licença prêmio e implementar de forma efetiva o PCCS do magistério.

O funcionalismo público municipal vem sofrendo várias perdas salariais devido ao não cumprimento, por parte dos governos, do dispositivo constitucional que assegura a revisão anual dos vencimentos básicos dos servidores públicos. Temos que reconhecer a legitimidade da reação sindical e nos incorporamos na sua luta, pois esse é o momento de consolidarmos novos paradigmas de comportamento e de repensarmos as estratégias para garantir o cumprimento de todos os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras do serviço público.

É visível a decadência porque passa o serviço público em nosso município, entretanto, observamos a evolução da Receita Corrente Liquida- RCL a cada ano, enquanto os salários e as condições de trabalhos dos servidores são as piores possíveis o que acarreta a má qualidade dos serviços prestados a população. Os avanços implementados de forma significativa pelos governos federal e estadual não tem se efetivado em nosso município. O atual governo que se configurou como um governo de poucos que visa o interesse de uma minoria onde, grande parte dessa minoria e a própria família desdenha dos servidores e da população com discursos demagógicos e fantasiosos, a atual gestão deixa os interesses da coletividade em segundo plano ou porque não dizer em plano algum. Precisamos nos organizar para lutar pelos nossos direitos, pois sabemos que o serviço público é uma conquista, que precisa de mobilização social para que se torne realidade.

Muito ainda é preciso avançar, com o envolvimento do conjunto dos trabalhadores. Um serviço público de qualidade passa também por salário digno, oportunidades iguais para o desenvolvimento profissional e boas condições de trabalho. Garantir profissionais capacitados, bem remunerados, sem sofrer qualquer tipo de discriminação, ou assédio, é fortalecer o compromisso do serviço público com a sociedade.

Fonte: SINDSERPUMI

Um comentário:

mari paulista disse...

Acho importante salientar também a urgência na realização de CONCURSO PÚBLICO para provimento de vagas existentes na administração pública muncipal, principalmente para professores. Isso me parece fundamental para a autonomia e moralidade da gestão pública.