sábado, 17 de setembro de 2011

Artigo: A história do PMDB em Icapuí

Após o plebiscito de 22 de janeiro de 1984, que deu ao distrito de Icapuí a garantia da emancipação política e administrativa do município de Icapuí, deu-se início ao movimento para viabilizar a instalação efetiva com as eleições para escolha do prefeito e vereadores do novo município. Foi criado uma comissão para articular junto à bancada federal em Brasília, a realização de pleito eleitoral já no ano de 1985, com mandatos de apenas 3 anos para os eleitos. A primeira eleição de Icapuí deu-se no dia 15 de novembro de 1985.
Assim como o movimento pela emancipação de Icapuí, a primeira eleição municipal recebeu também apoio do PMDB, que abrigou o processo sob sua legenda. O partido, ainda com a sigla MDB, possuía em seu quadro personalidades políticas dos segmentos de esquerda que faziam oposição ao regime militar, defendendo a redemocratização do país. Em Icapuí, essa tendência política assumida pelo PMDB tinha caráter de vanguarda no quadro político estadual, caracterizada pelos movimentos estudantis e luta contra oligarquias locais que dominavam nossa região praiana.
Essa aproximação ideológica com o PMDB levou os líderes do movimento emancipacionista, entre eles o jovem José Airton, a optarem pelo partido, tendo em vista as condições mais favoráveis para a construção de uma sólida base política na região de Aracati, onde exercia mandato de vereador.
Para consolidar a presença do PMDB em Icapuí, deu-se início ao processo de filiação partidária e a criação da Comissão Provisória do partido. O presidente escolhido para esta comissão foi o próprio José Airton. Logo em seguida, durante convenção municipal, foram eleitos os 21 membros do Diretório, os 7 suplentes e a Comissão Executiva do PMDB em Icapuí, composto por muitos daqueles que participaram ativamente do movimento de emancipação da cidade.
O passo seguinte foi escolher os candidatos que disputariam as vagas de prefeito e vereadores. O grupo que lutou pela emancipação de Icapuí era formado por militantes de vários partidos e ideologias políticas. Porém, o nome mais cogitado para disputar o cargo de prefeito fora o de José Airton, que relutou em disputar a eleição, pois ansiava cumprir seu mandato de vereador em Aracati, mas foi convencido pelos integrantes do PMDB, diante da responsabilidade e importância para a condução do novo município no qual foi peça fundamental para a criação. A candidatura de José Airton, pelo PMDB, foi acertada após várias reuniões com lideranças do município que declararam apoio, inclusive membros do PFL, que também atuavam em nossa região.
Assim, a primeira eleição de Icapuí foi disputada entre: José Airton, candidato a prefeito, e Carlos Antônio, como vice (na coligação PMDB/PFL); Zé Rico, candidato a prefeito, e Xavier, como vice (pelo PDS); Raimundo Porto Rodrigues, candidato a prefeito, e Amadeu como vice (pelo PDT). Enquanto isso, no governo do estado do CE, uma mudança de partido fortalecia ainda mais o PMDB. O governador na época Gonzaga Mota, saiu do PDS, onde fora eleito, e ingressou no PMDB, tendo comparecido em Icapuí durante as campanhas para apoiar a chapa encabeçada por José Airton. Lideranças políticas de Aracati também apoiaram o candidato do PMDB em Icapuí.
A campanha eleitoral foi marcada por conflitos entre candidatos e militantes que apoiavam as chapas apoia pelo prefeito de Aracati. O clima era sempre de muito nervosismo diante das constantes intervenções das forças políticas de Aracati, que espalhavam boletins e panfletos na tentativa de denegrir a imagem dos candidatos locais. Mesmo assim, a chapa PMDB/PFL foi eleita com 2.412 votos, de um total de 4.208 votantes, dando a José Airton o título de primeiro prefeito de Icapuí. O PMDB também conseguiu eleger 3 vereadores das 7 vagas disponíveis, sendo: José Edilson da Silva (388 votos); Antonio Cesar Rebouças (260 votos); e Raimundo Bonfim Braga (180 votos)
Fonte:
SILVA, José Airton Félix Cirilo. Icapuí: Uma história de luta. 1ª Edição. Fortaleza, 1998.

Extraído da página do Vereador Lacerda Filho

Um comentário:

ursula icapui disse...

HISTORIA é o que o PMDB vai fazer daqui pra frente, tendo na FORÇA do povo de Icapuí o seu maior aliado e Lacerda Filho vai fazer com que isso aconteça com toda certeza!