terça-feira, 11 de outubro de 2011

Hoje: Zé da Velha e Silvério Pontes fazem show de "Choro e Samba" em Icapuí


Os músicos Zé da Velha e Silvério Pontes se apresentarão hoje, dia 11/10 (Terça-Feira), no Centro de Juventude e Cidadania - CJC, no Centro de Icapuí, a partir das 19:00hs, show de "Choro e Samba Instrumental" da turnê comemorativa de 25 anos da dupla. A turnê inclui também diversas cidades do nordeste.

Conheça um pouco da história do trombonista Zé da Velha e do trompetista Silvério Pontes e detalhes das apresentações agendadas:

...

Zé da Velha e Silvério Pontes fazem turnê pelo nordeste

Em comemoração aos 25 anos de parceria entre Zé da Velha e Silvério Pontes, o Ministério da Cultura e a Petrobrás apresentam a turnê musical com gêneros essencialmente brasileiros: o samba, o choro e a gafieira. Assim como na década de 40, Pixinguinha e Benedito Lacerda formaram a maior dupla que o choro já teve, o trompetista Silvério Pontes e o trombonista Zé da Velha dão continuidade ao legado. 

O sergipano Zé da Velha começou a tocar trombone aos 15 anos de idade, sob forte influência do seu pai. Logo se aproximou dos músicos de gafieira, sambistas e chorões da Velha Guarda. O tompetista Silvério Pontes permeia na área do choro, samba e gafieira. Tocou ao lado de artistas como Luis Melodia, Tim Maia e Elza Soares. 

A dupla, ícone no cenário da música instrumental de raiz, reconhecida e respeitada dentro e fora do país, brinda público com o marcante e irresistível balanço, mostrando a energia dos sopros, a leveza e beleza dos contrapontos entre trombone e trompete com choros, maxixes e sambas. A turnê será realizada de 08 a 16 de outubro nos estados do Rio Grande do Norte, Paraíba e Ceará. Os ingressos poderão ser trocados por livros usados que serão doados as bibliotecas públicas. Posteriormente, o show musical 25 anos de choro e samba instrumental faz apresentações em Santos (SP) e São Leopoldo (RS). 

Zé da Velha e Silvério Pontes

A parceria entre Silvério Pontes e Zé da Velha iniciou em 1991, gravaram trabalhos marcantes em 25 anos de carreira. Em 1995 o disco Só Gafieira foi indicado ao prêmio Sharp. Em 1999, o segundo trabalho Tudo Dança possui faixas conhecidas como Bole Bole (Jacob do Bandolim), O Bom Filho a Casa Torna (Bonfiglio de Oliveira) e Pra Machucar Meu Coração (Ary Barroso). No ano seguinte, Ele e Eu, com repertório de choros e sambas. E, também, gravaram Só Pixinguinha e Samba Instrumental Independente. 

Músicos: JOSÉ ALBERTO RODRIGUES MATOS (Zé da Velha) SILVÉRIO ROCHA PONTES ALESSANDRO COUTO CARDOZO ALEXANDRE DE ANDRADE ROMANAZZI CHARLLES PEIXOTO DA COSTA JOAQUIM ALBUQUERQUE DE OLIVEIRA 

Serviço: 
08 de outubro – Macau – RN – Horário: 20 horas 
Local: Centro Cultural Porto de Ama Endereço: Rua Martins Ferreira 198 

09 de outubro – Areia Branca – RN – Horário: 20 horas 
O show acontecerá dentro da programação da Festa de Emancipação do Município, num Caminhão Palco, no Centro de Areia Branca. 

10 de outubro – Aracati – CE – Horário: 20 horas 
Local: Praça dos Prazeres – Centro de Aracati. 

11 de outubro – Icapuí – CE – Horário: 19 horas 
Centro Cultural da Juventude – Projeto Desenvolver Endereço: Rua Padre Marcondes Cavalcante s/n 

13 de outubro – Assú – RN – Horário: 20 horas 
Casa de Cultura Popular de Assú (Sobrado da Baronesa) Praça São João Batista 139 - Centro 

14 de outubro – Patos – PB – Horário: 20 horas 
Praça Getúlio Vargas - Centro - Coreto 1 

15 de outubro – João Pessoa – PB – Horário: 15:00 horas. 
Praça Rio Branco – Centro. 

16 de outubro – Campina Grande –PB – Horário: 18:30 horas Rua Severino Cruz, às margens do Açude velho.

Mais informações no blog: www.zedavelhaesilveriopontes.blogspot.com

4 comentários:

BOMBEIRO CARLOS FONSECA disse...

Pô............
Esses caras são feras !
Quem quiser ouvir música de 1ª qualidade, esta é uma oportunidade ímpar.
Eu estarei la.
Parabéns pela notícia e parabéns aos que tiveram a brilhante e oportuna iniciativa.

Eliane disse...

Eu também vou está lá, pra apreciar a boa música e conhecer o trabalho do grupo instrumental.

Eliane disse...

Eu também vou está lá pra apreciar a boa música do grupo instrumental.

Valter Jorge disse...

Um amigo viu o show em Areia Branca e disse que os caras são feras, tocam muito! Lembrando que não é só eles dois, tem um grupo que os acompanha, é uma verdadeira orquestra de Samba e choro.

IMPERDÍVEL!