quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Revista Tema: Icapuí é destaque na implantação de projetos de "Cidades Digitais" no país

Extraído da Revista Tema - Edição de Agosto/2011


As Cidades Digitais ou "cibercidades" já são uma realidade em áreas urbanas e rurais brasileiras, melhorando a qualidade de vida da população através da inclusão digital e da melhoria dos serviços públicos com o uso da tecnologia da informação.


Um pouco antes de Pedro Álvares Cabral, de acordo com alguns historiadores, o navega­dor espanhol Vicente Pinzón desembarcou no Brasil na praia de Ponta Grossa, na então região de Icapuí, no Ceará. Como não se tratava de uma viagem oficial, a visita não foi aceita como um descobrimento. A 200 km de Fortaleza,com quase 20mil habitantes, o município de Icapuí, com apenas 26 anos, é cenário agora de um novo tipo de navegação. 

Desde 2009, o município vem desenvolvendo um dos mais avançados programas de cidade digital do país. Batizado de Icapuí Digital, o programa conta com o apoio dos governos estadual e federal, por meio de convênio com o Ministério da Ciência e Tecnologia. O governo do Estado vem disponibilizando a infraestrutura do Cinturão Digital, rede debanda larga que está sendo implantada para beneficiar 85% da população urbana do Estado. A prefeitura de Icapuí está investindo R$ 650 milna instalação de uma rede wireless na frequência de 5,2 GHz e em projetos para modernizar as áreas: administrativa, de saúde, educação, segurança, comunicação e ciência e tecnologia. 

O exemplo de Icapuí se insere em uma nova fase de experiências das cidades com tecnologias digitais. O professor da Universidade Federal da Bahia e coordenador do Grupo de Pesquisa em Cibercidade (GPC/Facom­ UFBA), André Lemos, explica que existem quatro conceitos de Cidades Digitais (ver quadro). O que se aplica à administração pública é o do uso da Tecnologia da Informação e Comunicação(TIC) para a criação de infraestrutura, serviços e acesso público à internet, visando a melhoria da qualidade de vida e bem estar do cidadão. 

O objetivo maior dessa nova infraestrutura é promover o vínculo social, a inclusão digital, democratizar o acesso à informação, produzir dados para a gestão do espaço, aquecer as atividades políticas, culturais e econômicas e reforçar a dimensão pública. A atual revolução na infraestrutura urbana é uma das mais fundamentais mudanças no desenvolvimento das redes urbanas desde o começo do século passado, explica Lemos. 

Casos de Sucesso 
Experiências de Cidades Digitais ocorrem em várias partes do país. Em Campinas, de acordo com dados da prefeitura, 78% da população, de 2 milhões de habitantes, é incluída digitalmente. A prefeitura é também a principal acionista da empresa IMA(Informática de Municípios Associados) e, para o seu diretor técnico, Marcelo Pimenta, a infraestrutura de TIC da cidade deve conversar através dos seus sistemas. O sistema de transporte tem que estar integrado como sistema de saúde, que temde estar integrado comodeeducação, e assim por diante. 

No Rio de Janeiro, a pioneira Piraí, oferece banda larga gratuita aos moradores desde 2003, quando iniciou o Projeto Piraí Digital. É também a primeira cidade brasileira a equipar sua rede pública de ensino com computadores portáteis, com acesso à internet, aos seus 6.200 alunos. Piraí interligou os órgãos da administração pública e está informatizando todos os serviços na área de saúde, tais como agendamento de consultas e exames. Nos casos de doenças mais graves, os médicos podem consultar por teleconferência professores da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). 

Entre as capitais, Porto Alegre foi a primeira a estabelecer uma rede pública municipal de conexão de banda larga sem fio com a construção, em 1999, de uma infovia própria. Ela é formada por uma extensa rede de cabos de fibra óptica, interligando as principais secretarias com escolas, telecentros e postos de saúde. Este avanço foi um dos diferenciais que ajudaram a Fifa escolher a capital gaúcha como uma das cidades a sediar a Copa 2014. 

Estima­-se que o crescimento e a expansão das cidades digitais no Brasil ocorra com o Plano Nacional de Banda Larga. O Plano prevê, até 2014, investimentos públicos e privados em torno de R$ 75 bilhões nas redes de telefonia, além da extensão de banda larga de pelo menos 1 Mbps, a preços acessíveis, a todos os municípios brasileiros. O ob­ jetivo é articular ações de inclusão digital, levando acesso à internet para toda a população em cinco anos. 

Os Conceitos de Cidades Digitais O professor e coordenador do Grupo de Pesquisa em Ciber cidade da UFBA, André Lemos, indica quatro conceitos de Cidades Digitais com diferentes ideias e aplicações. 

1- Para portais web 
O conceito nesse caso é aplicado a projetos governamentais, privados e da sociedade civil que visam criar uma representação na web. São portais com informações gerais e serviços, comunidades virtuais e representação política. Um dos projetos pioneiros foi "De Digitale Stad", da cidade de Amsterdã, em 1994. 

2- Para utilização de computadores e internet em pontos da cidade 
Refere­-se a criação de infraestrutura, serviços e acesso público às novas tecnologias e redes. É o conceito utilizado nas cidades brasileiras através de telecentros, quiosques multimídia e áreas de acesso à internet e a serviços de governo eletrônico. 

3- Para planejamento de espaço e urbanismo 
O conceito é referente ao uso de modelagens 3D a partir de Sistemas de Informação Espacial para simulação de espaços urbanos. As simulações ajudam no planejamento e gestão do espaço, servindo como instrumento estratégico do urbanismo contemporâneo. 

4- Para ambientes virtuais que simulam aspectos da vida social 
É a cidade digital ?metafórica?, formada por projetos que não representam um espaço urbano real. Estes projetos são chamados de non­grounded cybercities e um exemplo é o Second Life. São sítios que criam comunidades virtuais utilizando a metáfora da cidade para a organização do acesso às informações. 

Fonte: Revista Tema - Serpro (Visto no blog www.peixegordo.com)

Banda de Música de Icapuí desenvolve palestras socioeducativas


Os músicos da Banda de Música de Icapuí,  além de encantar as todos com suas apresentações artísticas, estão desenvolvendo um belo trabalho socioeducativo no município. Há algum tempo, a Banda vem proporcionando educação musical para crianças e jovens do município. Mas também, tem exercido um importante papel social com seus componentes, permitindo uma formação cidadã e aprendizado constante como forma de inclusão social através da música.

Ultrapassando o universo da música, e levantando a bandeira da responsabilidade social, os músicos da Banda de Icapuí retomaram a série de palestras que abordam diferentes temáticas, tornando os cidadãos icapuienses conscientes acerca desses temas. As palestras acontecerão a partir do mês de setembro, mantendo um calendário de atividades mensal.

O primeiro tema a ser abordado é a "Prevenção do uso de drogas". A palestra acontece no próximo sábado (03/09) às 09:00h, no Centro de Juventude e Cidadania - CJC, dentro da programação da Semana Municipal de Combate às Drogas, promovida pelo Conselho Municipal de Políticas Sobre Drogas - COMPSD juntamente com a Prefeitura Municipal de Icapuí.

A Exploração da Carnauba é foco de reportagem do jornal ESTADO CE

Em nossas pesquisas, encontramos uma reportagem interessante, publicada no jornal O ESTADO CE (www.oestadoce.com.br), sobre a Carnaúba e resolvemos reproduzir no blog, já que a discussão sobre geração de renda foi iniciada no artigo escrito pelo editor Adolfo Maia (Artigo: Economia. Icapuí está perdendo uma grande oportunidade)  e nos comentários sobre uma discussão de um partido político da cidade.
A Carnaúba junto com os coqueiros tem em abundância em Icapuí, principalmente na região que faz divisa com o RN e pode torna-se também uma alternativa de geração de renda para os cidadãos icapuienses, já que a economia ainda é baseada na pesca da lagosta, que atualmente está em decadência. Com ela pode se criar vários produtos, principalmente a cera, que serve para mais diversas áreas. No entanto não se deve focar apenas na produção in-natura do produto é necessário investir e criar uma cadeia produtiva.

Abaixo a reportagem:

CARNAÚBA: uma espécie nossa que gera produtos para o mundo

Há mais de 100 anos foi lançado mundialmente um produto da Caatinga que revolucionaria a indústria de polimentos. Em 1888, um pesquisador dos Estados Unidos, encontrou no Brasil a árvore que produzia a melhor cera do mundo: a carnaúba, e partir dessa cera criou um produto para aumentar a qualidade e durabilidade dos pisos de tacos de madeira, amplamente utilizado nas casas da época. Em 1904 esse produto é lançado na Inglaterra, ganhando o mercado internacional. A partir daí, surgiram novos e revolucionários produtos industrializados da cera de carnaúba consumidos até hoje mundialmente.

Segundo a ADECE (Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará) a cera da Carnaúba ocupa a 5a posição dos produtos cearenses mais exportados do primeiro semestre de 2011, movimentando US$ 29,2 milhões. Cerca de 200 mil trabalhadores rurais estão envolvidos economicamente na extração do pó cerífero.

A cera de carnaúba é considerada a mais nobre cera natural, por isso pode ser ingerida sem causar dano à saúde humana, não é perecível, tem elevado grau de dureza, apresenta baixo índice de acidez, produz brilho intenso e é ecologicamente sustentável. É o único produto que consegue reduzir a permeabilidade e contribuir para a manutenção da qualidade de pisos, pinturas automotivas, alimentos, couros, cerâmicas, madeiras, além de ser agente desmoldante, que facilita processos de umidificação e desligamento na metalurgia. Também é utilizada na produção de goma para base de chicletes, em ligantes na indústria cosmética, insumo para dispositivos de informática (como chips e toners), lubrificante e impermeabilizante de tecidos, papéis e embalagens, conferindo maior resistência, rigidez e melhor deslizamento em equipamentos de impressão térmica.

A carnaúba é uma palmeira que só existe na caatinga e em 2004 foi decretada a árvore símbolo do Ceará pelo Decreto Lei no 27.413, desde então o brasão da bandeira do Ceará foi alterando deixando de ter o coqueiro, uma palmeira que não é original do Brasil, para a carnaúba.

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Educação Ambiental -UFC desenvolve ação de Educação para a Sustentabilidade em Aracati e Icapuí

Projeto Curumim vai promover cursos para capacitar população praiana em ciência, gestão, economia e política ambiental 

As praias do Ceará são destinos turísticos de potencial reconhecido nacional e internacionalmente. Mas a inconteste beleza natural da orla do Estado não a salva da atividade antrópica e os impactos ambientais dela consequentes.

Para tentar dirimir ou ao menos atenuar a poluição da atividade humana, a Universidade Federal do Ceará (UFC) desenvolveu o Projeto Curumim, através do Núcleo de Economia Ecológica e do Meio Ambiente do Departamento de Economia Agrícola.

O projeto vai oferecer cursos à população das cidades em que atuar. Cursos de extensão para a educação dos gestores públicos, técnicos, lideranças comunitárias, empreendedores e público em geral. Sempre com temáticas relacionadas à ciência, gestão, economia e política ambiental rumo ao desenvolvimento sustentável das comunidades rurais e urbanas no Estado.

Atuando inicialmente no litoral leste, o Projeto Curumim visa difundir, capacitar e empreender ações para promoção do desenvolvimento sustentável da região. Seus princípios básicos são a educação e valoração ambiental, instrumentos importantes para a formação de uma consciência ambiental e a sensibilização das lideranças comunitárias e políticas. Por isso o slogan: “Educação para a sustentabilidade: construindo junta a consciência ecológica e ambiental”.

Logo, o Projeto Curumim surge como contraponto às pressões exercidas pelas atividades econômicas insustentáveis que impõem elevados impactos ao meio ambiente e às comunidades locais.

Icapuí e Aracati são os primeiros
Financiado pelo Banco do Nordeste, o projeto terá sua primeira edição iniciando em 3 de setembro e abrangerá as cidades de Fortim, Aracati e Icapuí, com turmas nas duas últimas. Em seguida, a ideia é atuar nas demais regiões litorâneas, semi-áridas e serras úmidas do Ceará.

A região escolhida para esse passo inaugural tem recursos marinhos e costeiros importantes tanto para a subsistência das comunidades tradicionais – como a pesca e o extrativismo – quanto para o desenvolvimento sustentável da região, como o Ecoturismo.
Aracati e Icapuí receberão, ao todo, oito turmas em quatro cursos durantes os meses de setembro e outubro, cada um abordando uma temática diferente (veja com detalhes no Box desta matéria). Serão eles: Arte Aplicada, Cultura e Consciência Ambiental; Construção de Indicadores para Comunidades Sustentáveis; Minha Água, Minha Vida; e Gestão Participativa dos Recursos Marinhos Para o Ecoturismo.

Além destes, Fortaleza também receberá o curso Ecologia Interior: Educação do Ser para a Sustentabilidade. Qualquer pessoa pode participar dos cursos, para isso basta se inscrever gratuitamente. Mas é bom ressaltar que cada turma será formada por 20 alunos, podendo cada aluno se inscrever em apenas um curso.

Cursos
1. ARTE APLICADA, CULTURA E CONSCIÊNCIA AMBIENTAL
Objetivo: Apresentar os novos paradigmas relacionados ao desenvolvimento de produtos baseados no Eco Design, bem como gerenciamento de produção: processo criativo, valoração e preservação da Identidade local, imagem e mensagem no marketing de venda.
Turmas: 3 e 4 de setembro em Icapuí (inscrições até 31 de agosto) e 17 e 18 de setembro em Aracati (inscrições até 14 de setembro)

2. CONSTRUÇÃO DE INDICADORES PARA COMUNIDADES SUSTENTÁVEIS
Objetivo: Conceituar Indicadores e apresentar suas aplicações e importância para o desenvolvimento sustentável; apresentar as principais abordagens para a construção de indicadores e definir suas etapas; identificação de fontes de dados; e o estabelecimento das bases para a construção de indicadores para comunidades sustentáveis.

Turmas: 3 e 4 de setembro em Icapuí (inscrições até 31 de agosto) e 17 e 18 de setembro em Aracati (inscrições até 14 de setembro)

3. MINHA ÁGUA, MINHA VIDA
Objetivo: Despertar a consciência ambiental das lideranças comunitárias para atuarem como multiplicadores na sociedade a fim de se promover o uso racional e a preservação da água e do meio ambiente por meio da formação e a capacitação de grupos comunitários de voluntários para o monitoramento participativo da qualidade da água.

Turmas: 1 e 2 de outubro em Icapuí (inscrições até 28 de setembro) e 15 e 16 de outubro em Aracati (inscrições até 12 de outubro).

4. GESTÃO PARTICIPATIVA DOS RECURSOS MARINHOS PARA O ECOTURISMO
Objetivo: Criar ações para a inclusão do ecoturismo como alternativa para o desenvolvimento sustentável das comunidades locais, aproveitando a base de recursos naturais e paisagem costeira a fim de promover a conservação ambiental, geração de renda e o empoderamento das comunidades.
Turmas: 1 e 2 de outubro em Icapuí (inscrições até 28 de setembro) e 15 e 16 de outubro em Aracati (inscrições até 12 de outubro).

5. ECOLOGIA INTERIOR: EDUCAÇÃO DO SER PARA A SUSTENTABILIDADE
Objetivo: Trabalhar o alívio do estresse, emoções, saúde e qualidade de vida; discutir a importância da Respiração para a saúde; apresentar as práticas de respiração e vivências corporais; usar a Yoga e meditação para a descoberta do Ser; despertar as várias dimensões da Consciência, responsabilidade e ação transformadora para o desenvolvimento sustentável.
 Turmas: 3 a 5 de outubro, em Fortaleza (inscrições até 30 de setembro)

Fique ligado
O prazo para as inscrições varia de acordo com a turma. Para se inscrever nas turmas da cidade que quiser, você pode ligar para (85) 3366-9114 ou 8817-2615 (em Fortaleza); (88) 9963-3126 ou 8825-4240 (Icapuí); e (85) 9113-0417 ou (88) 8846-9752 (Aracati).

Maiores informações:
Prof. Rogério César Pereira de Araújo
Fones: (85) 3366-9716, (85) 3366-9114
Fax: (85) 3366-9716
e-mail: rcpa@ufc.br

Fonte: Jornal O ESTADO CE

Diário de Natal: Polícias do RN, CE, PB e PE se unem para combater quadrilhas

Imagem Ilustrativa. Google Imagens
A “Operação Fronteira”, deflagrada à meia-noite de domingo e concluída às 5 horas desta segunda-feira (29), planejada pelas polícias do Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Ceará, levou mais segurança às divisas desses Estados e mostrou, mais uma vez, a união das autoridades da Segurança Pública no combate à criminalidade.
 
O subsecretário da Segurança Pública e da Defesa Social do Rio Grande do Norte, Airton Ferraz, participou do trabalho, que resultou, na área do Rio Grande do Norte, na abordagem a 80 automóveis/utilitários, 27 motocicletas, 208 pessoas e na apreensão de um revólver calibre 38 e de um veículo tipo Vectra.
 
A arma foi apreendida entre o Rio Grande do Norte e o Ceará, sendo um homem autuado em flagrante delito. O Vectra, que tinha queixa de roubo, foi localizado na barreira policial montada entre São Mamede (PB) e São João do Sabugi (RN), no distrito de Ipueira. O relatório da Operação será entregue a Airton Ferraz nesta terça-feira (30).
 
A integração entre as polícias é uma importante ferramenta para o combate, principalmente, às quadrilhas interestaduais que agem praticando assaltos, arrombamentos de caixas eletrônicos, roubos de veículos e tráfico de drogas.
 
As barreiras foram montadas nos seguintes pontos:Baraúna (RN) / Russas (CE)– RN 015; Tibau (RN) / Icapui (CE) – RN 013/ Distrito de Palma (Caicó) / Várzea (PB) – RN 118 / São Miguel (RN) / Pereiro (CE) - RN 177 / Distrito de Ipueira (RN) / São Mamede (PB) – RN 118 /Alexandria (RN) / Bom Sucesso (PB) RN 079.
 
Policiais civis e militares dos quatro Estados participaram da “Operação Fronteira”, que terá novas edições, como forma de manter freqüente a presença policial nas divisas.
 
Para o secretário de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social do RN, Aldair da Rocha, esse tipo de diligência é importante para mostrar à sociedade que ela tem policiais determinados, organizados, que atuam a partir de planejamentos que nascem da necessidade de agir em regiões onde o índice de criminalidade é maior.
 
“Os serviços de inteligência das polícias, os dados da nossa Subcoordenadoria de Estatística e Análise Criminal e reuniões que temos mantido com policiais dos Estados vizinhos é que embasam essas Operações”, explica o secretário.
 
Da Polícia Militar do RN, participaram homens dos 2º, 6º e 7º Batalhões, comandados pelo coronel Francisco Reinaldo de Lima, do Comando de Policiamento do Interior. Os policiais civis envolvidos na Operação estavam sob a supervisão do Diretor de Polícia do Interior, delegado José Carlos de Oliveira.
 

Passo-a-passo para ter acesso aos simulados do Enem

Para os alunos do 3º Ano da Escola Gabriel:

Estão disponíveis aqui no site da Seduc, os simulados do Enem para os alunos do 3º ano do Ensino Médio das Escolas Estaduais. Para acessá-los, basta que o aluno entre no sistema “Aluno-Online” através do endereço : http://alunoonline.seduc.ce.gov.br/login.asp.

Logo após a autenticação do aluno, o sistema abrirá e mostrará em sua tela principal um “banner” contendo um informativo para o simulado do ENEM 2011 (considerando que o aluno já foi inscrito no Ambiente Virtual de Aprendizagem - AVA). Ver figura abaixo:
 Ao clicar no “banner” citado acima o aluno será redirecionado para uma página do AVA, desenvolvido pela Fundação Demócrito Rocha.
Ver Figura Abaixo:


No ambiente do AVA o aluno dentre outras opções terá acesso aos simulados do Enem, conforme mostra a seta na figura acima.

Ao clicar em “Acessar Simulado” uma tela de boas vindas irá abrir, essa tela conterá o regulamento do simulado, após ler tal regulamento, basta clicar no botão “Iniciar Prova”, para dar início as questões da prova.

Assessoria de Comunicação da Secretaria da Educação
imprensa@seduc.ce.gov.br / (85) 3101.3972

Fonte: CREDE 10 / SEDUC

Fórum de Educação do Ceará debaterá em cinco municípios a implantação do piso salarial nacional dos professores

“A Formação e a Valorização do Professor no Brasil – Os Desafios para a Implementação do Piso Salarial”. Esse é o tema do Fórum de Educação do Ceará em 2011.


Como nos anos anteriores, o Fórum promoverá debates com professores, gestores, estudantes e pais de alunos, em municípios de diferentes regiões do Ceará. O objetivo é ampliar as discussões para o maior número de protagonistas do setor educacional, buscando informações sobre as realidades locais e sugestões para a luta pela efetiva implementação do piso.
 
Este ano o Fórum será realizado em cinco regiões do Estado. O primeiro debate acontece em Icapuí, no Litoral Leste, no dia 2 de setembro, na Escola de Ensino Médio Gabriel Epifânio dos Reis (Av. Filizolina Freitas, S/N, Bairro Cajuais), de 7h30 ao meio-dia. Os debates seguintes, ainda com datas a serem confirmadas, acontecerão em Horizonte, Maranguape e Juazeiro do Norte, além de Fortaleza, que em dezembro receberá uma reunião final, para conclusão do Fórum 2011.
 
"O Fórum valoriza os professores, dando-lhes espaço para falar sobre a realidade da educação nos seus municípios, este ano tendo como tema a luta pela implantação do piso salarial nacional do magistério”, afirma o deputado federal Chico Lopes (PCdoB-CE), cujo mandato promove o Fórum.
 
Carga horária
 
“Conquistamos a lei do piso, mas falta torná-la realidade, na prática, em todos os municípios do Ceará e do Brasil. Para isso, precisamos que governadores e prefeitos respeitem a lei, inclusive o direito a um terço da carga horária dos professores para atividades extra-sala”, acrescenta Chico Lopes, autor da emenda que instituiu esse direito.
 
Chico Lopes destaca que o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou os argumentos de governadores de cinco estados, que questionaram aspectos da lei do piso. “O Tribunal confirmou a validade plena da lei, que precisa ser cumprida. Inclusive quanto ao direito a um terço da carga horária para atividades de planejamento, preparação de aulas, estudo e busca de informações por parte dos professores”, reforça o deputado.
 
“Os professores precisam fazer sua parte, compreendendo que a aprovação da lei é apenas a primeira parte da luta pelo piso. A luta para garantir o piso salarial é que fará a diferença não apenas para a sua garantia, mas para os reajustes anuais do piso e a busca da verdadeira valorização dos professores”, amplia Chico Lopes. “Para isso, estados e municípios podem inclusive contar com recursos da União”.
 
Fórum: contribuição à educação
 
"O Fórum de Educação é um evento respeitado e consolidado, por sua trajetória de muitos anos em favor dos debates sobre o setor educacional. Esta nova edição ganha mais força neste momento em que se discute o novo Plano Nacional de Educação (PNE) e em que os professores de todo o País lutam para fazer valer o piso salarial nacional da categoria”, reforça a coordenadora do Fórum e assessora do Mandato Chico Lopes, professora Sâmia Helena de Souza.
 
"Com essa contribuição dos professores, de suas visões e experiências, vamos tirar propostas concretas para buscar avanços na qualidade de ensino em nosso Estado e na busca", afirma a coordenadora.
 
Inscrições
 
As reuniões do Fórum de Educação do Ceará são abertas à participação de todos os interessados no tema. Inscrições podem ser feitas no local do evento.
 
Mais informações podem ser obtidas no escritório do Mandato Chico Lopes em Fortaleza, pelo fone 85-3253-5906.
 
O Fórum de Educação do Ceará em Icapuí, no dia 2 de setembro, conta com apoio do Sindicato dos Servidores Municiais de Icapuí e da Secretaria de Educação de Icapuí.
 

PCdoB de Icapuí Realiza Conferência Histórica


O Partido Comunista do Brasil – PCdoB realizou na tarde deste sábado 27/08 na Câmara Municipal a sua Conferência Municipal. Na oportunidade o Deputado Estadual Lula Morais falou em nome da Executiva Estadual afirmando que o partido dará todo apoio ao Vereador Marcos Nunes para consolidação da empreitada como pré-candidato a prefeito do município de Icapuí, segundo ele o partido já está realizando alguns contatos no intuito de consolidar o pleito até a convenção do próximo ano. Até lá o partido em Icapuí continuará sua campanha de filiação e de articulação para agregar mais pessoas a esse projeto.

Veja entrevista do deputado Lula Morais:


Começou a exportação da safra de melão do Ceará

Começou domingo, 28,a exportação da safra cearense de melão 2011/2012.

O navio “Rio de la Plata”, da Hamburg Sud, partiu de Pecém carregando 196 contêineres de 20 pés cheios de melões produzidos pela Agrícola Famosa em sua fazenda de Icapuí.

No ano passado, o primeiro carregamento foi de 142 contêineres.

A carga foi para a Holanda e a Inglaterra.

No próximo domingo, seguirão mais 210 contêineres para os mesmos destinos europeus.

Fonte: Egídio Serpa/ Verdes Mares

Artigo: Memória - De caso com os sanguessugas

Por Reinaldo Azevedo
Análises políticas em um dos blogs mais acessados do Brasil / Veja
 
O senador Humberto Costa (PE), líder do PT no Senado, não entende nada de democracia ou de imunidade parlamentar. Então vamos lembrar a sua obra na Saúde, em reportagem da VEJA de 26 de julho de 2006.

*
 
O caso da máfia dos sanguessugas já era, na semana passada, um dos maiores escândalos de corrupção descobertos no país. Nada menos do que 57 parlamentares estavam sob suspeita de ter recebido suborno de uma empresa de ambulâncias, a Planam, para destinar recursos do Orçamento federal a prefeituras compradoras dos veículos. Na quinta-feira passada, porém, descobriu-se que tanto o número de envolvidos no esquema quanto o seu alcance haviam sido subestimados. Os parlamentares acusados de participar da máfia dos sanguessugas ultrapassam uma centena - o número exato é 112 -, e o Legislativo não é o único poder atingido por ela. O rastro do suborno e do tráfico de influência alcança também o Executivo federal - mais precisamente a porta do gabinete do ex-ministro da Saúde Humberto Costa, hoje candidato ao governo de Pernambuco pelo PT. As revelações foram feitas pelo empresário Luiz Antônio Vedoin, um dos sócios da Planam, ao longo de uma série de depoimentos sigilosos prestados à Justiça Federal nas duas últimas semanas.

VEJA apurou que, nessa série de depoimentos, Vedoin contou que, no início de 2003, quando o presidente Lula baixou um decreto restringindo o pagamento de débitos contraídos na gestão anterior, a Planam ficou sem ter como receber uma dívida de 8 milhões de reais da qual era credora no Ministério da Saúde. Assim, Vedoin e seu pai, Darci Vedoin, também sócio da Planam, procuraram o então ministro da Saúde Humberto Costa para tentar uma solução para o problema. Por meio de um amigo comum, que fez a aproximação, os Vedoin encontraram-se com Costa, em seu gabinete, em fevereiro daquele ano. O ministro, segundo Vedoin, disse que não poderia liberar a verba, mas, no fim da reunião, apresentou aos empresários seu chefe-de-gabinete, Antônio Alves de Souza, hoje secretário de Gestão Estratégica do Ministério da Saúde. Segundo contou Vedoin, Costa disse que Souza poderia estudar a possibilidade de conseguir a liberação do pagamento.

No mês seguinte, o dono da Planam foi procurado por um certo José Caubi Diniz. Na conversa, que aconteceu durante uma feira de negócios em Brasília, Diniz disse ter sido informado por Souza, o chefe-de-gabinete de Costa, de que a Planam estava tentando obter seu pagamento do governo federal. Afirmou que poderia conseguir a liberação do dinheiro. Para isso, contaria com a ajuda do petista José Airton Cirilo, que, segundo ele, teria grande influência junto ao ministro Humberto Costa. Cirilo, integrante do Diretório Nacional do PT, foi presidente do partido no Ceará, duas vezes prefeito da cidade de Icapuí e candidato a governador do Ceará em 2002. Por indicação do presidente Lula, também participou do governo federal: ocupou um dos postos de direção da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Dias depois do encontro na feira de negócios, Vedoin e o pai - acompanhados de Diniz e Cirilo - desembarcaram na ante-sala do gabinete de Humberto Costa, no Ministério da Saúde. Lá, Cirilo despachou sozinho com o ministro por cerca de duas horas. Ao fim da audiência, o petista disse aos presentes que havia conseguido a liberação do dinheiro da Planam, em quatro parcelas. No dia 1º de abril, assim que os Vedoin receberam o primeiro pagamento, repassaram a Cirilo, conforme havia sido combinado, 35.000 reais - a primeira parte de uma “comissão” que totalizou 400.000 reais. O dinheiro, afirmou Vedoin, foi depositado na conta de um sobrinho de Cirilo, chamado Raimundo Lacerda. Os comprovantes dos depósitos foram entregues à Justiça. O esquema montado pela quadrilha deu tão certo que Cirilo e Vedoin decidiram ampliá-lo. Segundo o empresário, o dirigente petista disse que havia combinado com o próprio ministro Humberto Costa a liberação de 30 milhões de reais de recursos extra-orçamentários que seriam destinados à aquisição de equipamentos hospitalares para municípios do interior. Para que a Planam lucrasse com o negócio, bastaria ganhar fraudulentamente as licitações, com a ajuda dos prefeitos, e, ao fim do processo, pagar 15% de propina a Cirilo. A empresa de Vedoin chegou a efetuar algumas vendas, mas o processo foi interrompido assim que começaram a ser presos os primeiros envolvidos no esquema dos sanguessugas.

De acordo com os depoimentos de Vedoin, o número de parlamentares suspeitos de participar dos negócios escusos - que, segundo a Polícia Federal, teriam movimentado pelo menos 110 milhões de reais desde 2001 - chega a quase 20% do Congresso. VEJA reproduz nesta edição a lista completa dos deputados e senadores apontados pelo empresário como participantes daquele que é, provavelmente, o mais bem documentado escândalo de corrupção da história do Brasil. Vedoin, em seus depoimentos, não se limitou a indicar, um a um, os deputados e senadores que recebiam propina de sua empresa - em geral, 10% do valor de cada emenda ao Orçamento aprovada e liberada pelo governo federal. O empresário forneceu à Justiça mais de uma centena de cópias de transferências bancárias e depósitos - feitos ora em conta corrente de “laranjas”, ora diretamente na conta de parlamentares e prefeitos. Sessenta prefeitos foram acusados por Vedoin  de participação no esquema dos sanguessugas.

Entre os 112 parlamentares acusados de integrar a máfia, há deputados que ganharam sua propina em dinheiro vivo, outros que usaram parentes e funcionários para ocultar o suborno e até os que receberam carros a título de “comissão”. Um dos nomes que mais chamam atenção na relação apresentada à Justiça por Vedoin é o do ex-deputado paulista pelo PPS Emerson Kapaz - tanto pela robustez das provas apresentadas contra ele quanto pelo espanto que causa a presença, numa lista como essa, de alguém que sempre foi um defensor da ética na política e no mundo empresarial. Hoje presidente do Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial (Etco), Kapaz, empresário do ramo de plásticos, elegeu-se em 1998. O dono da Planam contou que o então deputado apresentou emendas ao Orçamento destinando 1,6 milhão de reais para compra de ambulâncias em dez municípios. Desse montante, o governo liberou cerca de 1 milhão. Segundo Vedoin, Kapaz tratou diretamente com os prefeitos beneficiados para que as licitações para compra de ambulâncias tivessem como vencedora a Planam. Vedoin apresentou à Justiça os números de dois cheques que teriam sido usados para pagar a propina ao então deputado, totalizando 52.000 reais. Segundo Vedoin, Kapaz pediu a ele que o dinheiro fosse repassado por meio de uma operação triangular: num primeiro momento, o dinheiro circulou em contas de empresas do próprio Vedoin, por meio de cheques. Em seguida, foi transferido, segundo Vedoin, a pedido de Kapaz, para cinco outras contas, em nome de firmas e pessoas indicadas pelo ex-deputado, entre elas Laura Mosiasson, na ocasião mulher de Kapaz. “Não tenho idéia de como meu nome possa estar envolvido nessa história”, disse o ex-deputado. “Pelo que me lembro, minhas emendas nem chegaram a ser liberadas”, afirmou a VEJA. Outro nome que causa surpresa é o de Érico Ribeiro (PP-RS). Maior produtor de arroz do Brasil, Ribeiro também foi acusado por Vedoin de cobrar propina em troca de emendas. É curioso que um multimilionário possa ter arriscado sua reputação em troca de alguns milhares de reais.

O esquema dos sanguessugas só pôde alcançar essa dimensão depois de se infiltrar no Ministério da Saúde. Para isso, contou com uma peça-chave: a ex-funcionária da Planam Maria da Penha Lino, que, em agosto de 2005, conseguiu ser nomeada assessora do ex-ministro Saraiva Felipe, então titular da Saúde. Uma vez dentro do gabinete, Maria da Penha tratou de agilizar a aprovação dos projetos da Planam e a execução de emendas que interessavam à empresa. Como uma lobista foi nomeada tão facilmente para assessora do ministro da Saúde? Em seu depoimento, o empresário Luiz Antônio Vedoin explicou. De acordo com ele, o deputado José Divino e o senador Ney Suassuna - citados na primeira lista de suspeitos de envolvimento com a máfia das ambulâncias - chegaram a fazer ofícios ao ministério recomendando a nomeação de Maria da Penha para o cargo. Ainda segundo Vedoin, Saraiva Felipe foi receptivo à idéia. A nomeação de Maria da Penha foi feita dentro da “cota” do ministro.

Vedoin relatou todo o esquema à Justiça, com nomes, quantias e provas materiais, em troca do benefício da delação premiada - que prevê redução de pena para criminosos que colaborarem com as investigações. Ele foi solto há duas semanas, depois de abrir o bico. Seus depoimentos causam assombro ao revelar o grau de capilaridade que a máfia dos sanguessugas alcançou, assim como a extensão do assalto que ela perpetrou contra o Estado e o número de parlamentares acusados de envolvimento nela. As revelações levam à triste constatação de que a corrupção parece ter se instalado no Congresso como um cupinzal subterrâneo. Ele se dissemina em velocidade atordoante, contaminando e corroendo cada centímetro sadio que encontra pela frente. Em vez de extingui-lo, cada nova eleição parece fortalecê-lo. Os cupins apenas se revezam - e surgem com fôlego renovado. Pobre Brasil.


Fonte: Reinaldo Azevedo / Veja

G1: Justiça determina suspensão de greve dos professores do Ceará

Imagem ilustrativa: Blog Icapuí na Linha
Os professores da rede estadual de ensino do Ceará estão de greve desde o dia 5 de agosto. Desde então, as entidades que representam a classe no estado têm buscado negociar com o governo do Estado do Ceará percentuais de reajustes e outros benefícios.

O Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE) determinou a suspensão da greve desde o dia 26/8, porém, os professores decidiram manter a greve após realização de assembleia.

Em Icapuí, os alunos da Escola Estadual Prof. Gabriel Epifânio dos Reis, estão sem aula desde que foi declarado estado de greve. Alguns pais estão preocupados que a paralisação prejudique o ano letivo dos filhos matriculados na escola, devido a greve não ter previsão para terminar.

Veja as reportagens publicadas no Portal G1/CE sobre o assunto:

29.8.2011
Justiça determina suspensão de greve dos professores do Ceará
Professores têm até 48 horas para retornarem às salas de aula. Pena para o descumprimento da liminar é de R$ 10 mil por dia. 

O Tribunal de de Justiça do Ceará (TJ-CE), por meio do desembargador Emanuel Leite Albuquerque, determinou em liminar a suspensão da greve dos professores da rede estadual de ensino. A categoria deve retornar às atividades em até 48 horas sob pena de pagar multa de R$ 10 mil por cada dia de descumprimento, segundo a decisão do juiz, publicada na sexta-feira (26). Os professores estavam em greve desde o dia 5 de agosto. 

No último dia 19 de agosto, o Governo do Estado do Ceará entrou com ação contra o sindicato dos professores do Ceará (Apeoc), pedindo que fosse declarada a ilegalidade ou a suspensão da greve. O Executivo estadual defendeu que o Sindicato teria descumprido dispositivos da lei de greve.

O Estado alegou ainda que as discussões em torno do reajuste dos professores não foram encerradas e alguns pontos apresentados como reivindicação não atendida pelo Estado do Ceará não foram apresentados na mesa negociação.

Ao analisar a ação, o desembargador Emanuel Leite Albuquerque levou em consideração os prejuízos causados à prestação do serviço público e ao rendimento escolar de milhares de jovens, segundo o TJ-CE. O juiz também afirma em sua decisão que a greve "põe em risco a saúde e sobrevivência dos estudantes", argumentando que esses jovens dependem das refeições escolares "para suas nutrições".

Reivindicações 
O sindicato questiona além do cumprimento da Lei Federal do Piso , o plano de cargos e carreiras dos professores. Os professores alegam que não basta aplicar o piso como vencimento inicial, mas defende que tal aplicação signifique ganho remuneratório para todos os integrantes da carreira, sejam professores de nível médio, graduados e professores pós-graduados.

Fonte: www.g1.globo.com

29.08.2011
Apesar de decisão judicial, professores do CE mantêm greve
Governador deve assinar o Termo de Ajustamento de Conduta, diz sindicato. Próxima assembleia da categoria será na sexta-feira (2). 

Elias Bruno - Do G1/CE

Os professores da rede estadual de ensino do Ceará decidiram manter a greve em assembleia na tarde desta segunda-feira (29), apesar da decisão judicial que suspendeu a paralisação. Segundo representantes do Sindicato dos Professores do Ceará (Apeoc), a categoria quer que o governador Cid Gomes (PSB) assine um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público. “Para ter uma maior segurança nos compromissos assumidos queremos que o governador transforme as propostas em uma TAC”, afirma Reginaldo Pinheiro, da comissão de greve da Apeoc. 

A decisão de manter a paralisação ocorreu três dias após a Justiça determinar a suspensão da greve, que já dura 24 dias. O desembargador Emanuel Leite Albuquerque concedeu liminar, na última sexta-feira (26), determinando aos professores que normalizem as atividades em até 48 horas de dias úteis, sob pena de pagar multa de R$ 10 mil por cada dia de descumprimento. 

De acordo com a Apeoc, a categoria ainda não foi notificada da decisão.“Isso caiu como uma bomba para nós, principalmente depois que fomos recebidos pelo governador na semana passada”, diz Reginaldo. 

Próxima assembleia será na sexta-feira (2) 
Segundo a Apeoc, a próxima assembleia da categoria ocorrerá na sexta-feira (2), quando devem decidir sobre a suspensão ou manutenção da greve. 

Na última quinta-feira (25), o governador Cid Gomes recebeu uma comissão de professores para discutir propostas, quando, segundo o sindicato dos professores, havia se prontificado a assinar um termo com o Ministério Público para reiniciar as negociações. Na audiência, Cid também definiu um prazo de 30 dias para a comissão de greve analisar as propostas feitas durante a audiência. 

A assessoria do Governo do Estado disse ainda não ter conhecimento da exigência dos professores, mas que deve fazer um pronunciamento oficial assim que for notificada das decisões da assembleia desta segunda-feira. 

Reivindicações 
O sindicato questiona o cumprimento da Lei Federal do Piso e o plano de cargos e carreiras dos professores. Os professores pedem que a aplicação do piso atinja todos os integrantes da carreira, sejam profissionais de nível médio, graduados e pós-graduados. 

A proposta anterior repassada para os professores, segundo o Governo do Estado, elevava em 45% a remuneração do professor em início de carreira com nível superior, em relação ao ano de 2010. Passando a remuneração de R$ 1.461,50 para R$ 2.000,00. Além disso, a proposta permite incremento de até 60% aos professores temporários.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Fotos de Icapuí: Jangada à beira-mar


A foto de hoje mostra uma pequena jangada, descansando sob as areias encharcadas de vida da Praia de Requenguela. Outros barcos esperam sua vez de sair para o mar, sair para a lida diária da pesca. Mas essa pequena jangada não sairá para o mar. Ela espera quietinha pelo seu dono: uma criança que "cata" alguma coisa entre uma ondinha e outra. 

É apenas uma jangada de brinquedo diante de um mar imenso.

Foto: Claudimar Silva

OBS: Essa foto faz parte do Caderno Regional - Especial Povos do Mar, idealizado por Melquíades Júnior e publicado pelo Diário do Nordeste.

domingo, 28 de agosto de 2011

Artigo: Eleições 2012 vista sob outra ótica

Retirado do blog do Vereador Marcos Nunes

Eleições 2012 vista sob outra ótica
Por Celestino Cavalcante - Presidente do PCdoB/Icapuí

O Brasil vive um momento político propício para os comunistas que apresentaram à sociedade suas propostas e projetos audaciosos. Com a eleição de Dilma, reafirmando o projeto iniciado por Lula, o PCdoB se torna protagonista na apresentação do seu Programa Socialista. Nesse momento, o Partido busca construir o Novo Projeto Nacional de Desenvolvimento, compondo uma frente política heterogênea a nível nacional, defendendo com radicalidade o governo e apresentando para amplas massas as propostas de reformas democratizantes (agrária, política, tributária, urbana, educacional, da comunicação, o fortalecimento do SUS, da seguridade social e segurança pública).

Hoje, o PCdoB se apresenta para sociedade como uma alternativa política para populares, democratas, militantes das causas sociais, que possam enxergar no partido comunista um instrumento/espaço para construir uma política séria, ética, efetiva, humana, soberana e desenvolvimentista. Entretanto, para tornar esses preceitos parte integrante do processo de luta da classe trabalhadora em Icapuí, se faz necessário partir de um paradigma novo de se fazer politica avessa ao assistencialismo e aos coloio do poder.

Em Icapuí o PCdoB já demonstrou que tem altivez quando é provocado a ocupar local de destaque na disputa do cenário político. Por essa característica estamos defendendo que o Partido deva ser o condutor da construção de uma corrente política que proponha para Icapuí uma nova visão da política, uma nova fórmula na gestão da cidade. As forças que governam ou já governaram Icapuí precisam enxergar no PCdoB uma possibilidade real de poder.

Para se firmar como uma força que disputa o poder, é necessário, porém, um partido organizado, enraizado na vida social e política da cidade, com sua militância presente e atuante nos movimentos sociais, comunitário, sindical e estudantil. Proposito que não se consolida sem um projeto audacioso e alicerçado em proposta que assegure novas perspectivas de melhoria na vida do povo em especial da juventude.

Forjar um movimento sindical classista é tarefa dos comunistas, apresentar o PCdoB para os trabalhadores é responsabilidade de cada militante. Construir um movimento comunitário independente de governo é dever dos comunistas; capacitar e formar uma nova geração de militantes comunitários é tarefa do PCdoB. Os militantes e filiados do partido devem estar presentes em todos os segmentos da sociedade.
O projeto político de 2012 está obrigatoriamente vinculado ao nível de organização dos quadros (filiados com mais responsabilidades) e militante. Nas eleições de 2012, a Câmara Municipal de Icapuí passará de 09 para 11 cadeiras. Essa nova composição, junto com as renovações que vem se dando de aproximadamente 40% a 50% das vagas, coloca para o Partido a possibilidade de disputar, sem ilusões, 2 vagas de vereador, pois já temos uma vaga e o trabalho do representante comunista é destaque tanto no cenário municipal como regional, o PCdoB trabalha para ter chapa própria de vereador como forma de melhor representar a população e encorpar a nossa candidatura majoritária.
A Pré-candidatura a prefeito do camarada Marcos Nunes pelo PCdoB é uma das poucas que se apresenta com um projeto politico administrativo para Icapuí. Outros nomes que surgem no cenário politico, inclusive velhos conhecidos, têm apenas planos de poder que excluem a sociedade, não correspondendo com as demandas crescentes da população.

Mas essa possibilidade tem data de validade para ser concretizada, pois precisamos estruturar o partido para disputar as eleições de outubro de 2012, para isto, o partido tem tomado os devidos encaminhamentos nesta direção, filiando novos camaradas e construído novos núcleos de base no intuito de termos uma constituição mais orgânica e de sermos protagonismo na disputa eleitoral do próximo ano. Nessa ótica é preciso que identifiquemos entre o povo, pessoas que busquem a luta política eleitoral e vejam no PCdoB essa possibilidade de alavancar uma proposta moderna e promissora que rompa com o modelo de administração retrogrado e perverso que se estabeleceu em Icapuí.

Celestino Cavalcante
Presidente do PCdoB de Icapuí


EXECUTIVA SE REUNE PARA PENSAR O FUTURO DO PT DE ICAPUÍ

No último dia 25 de agosto, na Sede do PT de Icapuí, a Executiva Municipal se reuniu para discutir a seguinte pauta: Informes; homologação de novas filiações e sucessão 2012. Na oportunidade foi realizado a homolagação de 20 novas filiações.

Foi também feita uma discussão sobre a sucessão 2012, ficando encaminhado que o PT deveria realizar 04 seminários temáticos no intuito de construirmos uma plano de governo que seja amplamente discutido pelo o partido e por todo o município. Os temas a serem trabalho nos seminários serão:

1 - EDUCAÇÃO E MEIO AMBIENTE
2 - JUVENTUDE: ESPORTE E CULTURA NO ENFRENTAMENTO DAS DROGAS
3 - SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA
4 - GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA: A PESCA COMO UMA ALTERNATIVA VIÁVEL

Fica decido pela Executiva que na próxima reunião do Diretório será feita a discussão final, como datas e planejamento geral do seminário.

Ainda pensando em 2012, a Executiva cria a " COMISSÃO DE AVALIAÇÃO DAS PRÉ-CANDIDATURAS À PREFEITO PELO PT", que será composta por:
02 representante de cada pré-candidato
02 membros da Executiva (Chiquinho Bezerra e Francisco Eurivan)
Presidente do PT - Sérgio Araújo

Esta comissão tem como um de seus principais objetivos, fazer o diálogo com os pré-candidatos, visando a unidade entre ambos, para que os mesmos possam está juntos em um mesmo projeto nas eleições em 2012.

sábado, 27 de agosto de 2011

Diretores do Sindicato dos Servidores Participam de Reunião Com a SECULT



Os diretores do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Icapuí – SINDSERPUMI Celestino Cavalcante, Juarez Teixeira e João Francisco participaram nesta quarta-feira 24/08 na Biblioteca Pública Municipal na Av. Dragão do Mar, 260 – Aracati da SECULT MOSTRA: I Encontro Regional de Cultura do Litoral Leste com Gestores Municipais e Sociedade Civil, na oportunidade técnicos da Secretaria de Cultura do Estado explanaram sobre Sistema Nacional de Cultura (SNC), Diretrizes, Ações e Projetos Inovadores da SECULT, Prestação de Contas e Participação em Editais.

A Secretária adjunta da SECULT Maninha Moraes também informou que provavelmente até o final de outubro de 2011 estaremos iniciando as atividades do Ponto de Cultura em Icapuí.

Fonte: SINDSERPUMI

PCdoB realiza Conferência Municipal


O Comitê Municipal do Partido Comunista do Brasil – PCdoB, no município de Icapuí realiza nesta tarde de sábado sua Conferência Municipal Ordinária de Icapuí- Ceará, que terá como pauta:

1-    Discussão e deliberação sobre o Projeto Partidário para o município;
2-    Balanço das atividades partidárias durante o período anterior;
3-    Eleição da nova direção para o biênio 2011/2013;
4-    Eleição dos delegados à 20ª. Conferência Estadual.

A Conferência inicia às 15:30 horas no Auditório da Câmara Municipal de Vereadores na Rua Joca Galdino, 125 no Centro. Foram convocados filiados e simpatizantes do PCdoB.
 
Enviado pelo PCdoB - Icapuí

8ª Zona Eleitoral divulga Aviso de Licitação para locação de carros

Pregão Presencial nº 14/2011

Processo TRE/CE nº 46.400/2011

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará comunica aos interessados que realizará licitação na modalidade de PREGÃO PRESENCIAL, do tipo menor preço por item, para a prestação de serviços de locação de veículos com motoristas, para realizar vistoria nos locais de votação dos municípios de Aracati, Fortim e Icapuí, mediante as condições estabelecidas em edital e seus anexos que se encontram afixados no quadro de avisos do Cartório da 8ª Zona Eleitoral – Aracati.

Cadastramento dos interessados: até 05/09/2011, no horário de 08h ás 15h, no Cartório Eleitoral da 8ª Zona Eleitoral de Aracati – CE, na Avenida Coronel Alexanzito, 789, Centro, Aracati – CE.

Entrega dos envelopes de documentação e proposta: 22/09/2011 até ás 09h10min.
Data da abertura das propostas: 22/09/2011.

Local da sessão pública: Cartório Eleitoral da 8ª Zona Eleitoral de Aracati – CE, na Avenida Coronel Alexanzito, 789, Centro, Aracati – CE, CEP nº 62800-000.


ITEM


ESPECIFICAÇÃO

QTDE.
DIÁRIAS

1

Locação
de 1 veículo com motorista, tipo passeio, capacidade
para 4 passageiros, para Aracati – 8ª Zona Eleitoral


8

2


Locação
de 1 veículo com motorista, tipo passeio, capacidade
para 4 passageiros, para Jaguaruana – 75ª Zona Eleitoral

5


3

Locação
de 1 veículo com motorista, tipo passeio, capacidade
para 4 passageiros, para Beberibe – 84ª Zona Eleitoral


4

Fonte: 8ª Zona Eleitoral/Aracati-Ce

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

1º ABALA ICAPUÍ movimenta a comunidade evangélica

Inicia na noite dessa sexta o 1º ABALA ICAPUÍ-CE no Templo Sede da Assembleia de Deus em Icapuí e na noite de amanhã (sábado) na Praça Central. O horário de inicio está previsto para 19 horas.

Como atrações estão confirmados os Pastor Kzam Nery (ex-dominó), Pastor Marco Feliciano, Adilson Brito e Roberto Marinho. o 1º Abala Icapuí é realização dos pastores Kzam Nery e Edilson Silva.

E.E.F Horizonte da Cidadania desenvolve o projeto PETECA

A E.E.F Horizonte da Cidadania, localizada na comunidade de Redonda, está realizando um bonito trabalho sobre os direitos e deveres da criança e do adolescente. Este trabalho está sendo desenvolvido na escola através dos professores envolvidos na proposta de trabalho oferecida pelo projeto PETECA, que fornece ricos materiais didáticos abordando a questão do Trabalho Infantil.

Em sala de aula, os alunos têm a oportunidade de ampliar os seus conhecimentos sobre esse assunto e, por conseguinte, tornam-se mais conscientes da importância da educação na sua vida. E para que a aprendizagem ocorra de forma mais prazerosa e significativa, os professores utilizam diferentes metodologias. 

Para fomentar ainda mais essa discussão, a escola contou, nesta sexta-feira (26/08), com a participação do conselheiro tutelar que atua na região de Redonda, Eudevan Nascimento. Com vários recursos didáticos e provocando a participação dos alunos nas atividades realizadas em sala, ele apresentou várias informações a respeito da temática. A culminância do projeto será realizada na próxima quarta-feira.  

Pescadores discutem novas estruturas de manzuás e retirada de marambaias.

No prédio do Sindicato dos Pescadores da Comunidade de Redonda (SINDPAMI) ocorreu uma importante reunião na última quarta-feira. Iniciada as 18:30h, ela contou com a participação de dezenas de pescadores e alunos do curso de Aquicultura e Pesca. Também estiveram presente o vereador Cadá e o presidente do sindicato, Tobias Soares.

Com a presença de dois engenheiros de pesca provenientes da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), a referida reunião teve como principal objetivo a apresentação de novas estruturas de manzuás e a articulação dos pescadores para a retirada das marambaias que estão imergidas no mar entre a extremidade de Retiro Grande e Barreiras de Cima. Durante a reunião, alguns pescadores manifestaram o seu repúdio em relação à pesca ilegal praticada no município de Icapuí. 

O novo modelo de manzuá apresentado evita a captura de lagostas miúdas. Os pescadores serão ensinados a construí-lo através de um curso, cuja data ainda está indefinida. E para a retirada das marambaias, as navegações irão se preparar até a próxima semana, quando a operação será realizada.

Incêndio destroi casa em Olho Dágua.

Um incêndio destruiu uma casa na vila da Palha na comunidade de Olho D´água. O acidente aconteceu por volta das 15 horas de ontem ((25/08) e teria sido causado por uma criança de quatro anos que brincava com uma caixa de fosforo. Como a casa era de palha, o fogo se alastrou rapidamente, não tendo tempo dos moradores ajudarem a apagar o incêndio. Segundo relatos só sobrou o banheiro, que era de alvenaria. Não houve feridos, tendo em vista que a única moradora da casa estava ausente na hora do acidente.

Artigo: Economia. Icapuí está perdendo uma grande oportunidade

Por Adolfo Maia
Editor do Blog
Coqueirais de Icapui, fonte de renda e desenvolvimento para cidade.
 Foto: Adolfo Maia


O Jornal O POVO em sua edição de 26 de agosto, trouxe uma matéria sobre a produção de cocos no Ceará, com o titulo "Produção de coco no Ceará não atende demanda." Lendo a reportagem, veio a reflexão que Icapuí está perdendo uma ótima fonte de geração de renda para a população, com capacidade para diversificar a economia da cidade, debilmente dependente da pesca da lagosta. Pois existe mercado para produção de cocos.

Icapuí é conhecido como a terra dos coqueirais, e que a visão que moradores e turistas tem do mar de coqueiros é de encantar os olhos. Este mar de coqueiros é um dos cartões postais da cidade, que se pode maravilhar pelo Mirante da Serra do Mar e de diversos outros pontos da cidade.

Já existem algumas iniciativas ocorreram para tentar desenvolver a cadeia produtiva do coco, como a utilização da estratégia de Desenvolvimento Regional Sustentável do Banco do Brasil e a criação da Cooperativa FRUTICOCO, criada pelos ex-funcionários da antiga fabrica de coco em Cajuais.

No entanto, o que preocupa é que a maioria dos coqueiros da cidade já estão velhos, ainda do tempo em que o coco era uma das principais fontes de renda da cidade, e a capacidade produtiva deles está bem defasada. Para isso é necessário um grande investimento na plantação de mudas de coqueiros, capazes de produzir com maior rapidez e qualidade.

Do coqueiro pode-se aproveitar quase tudo para gerar renda, desde as palhas e canoas para artesanato, desde água do coco, seu miolo para óleos, a quenga que serve para fazer revestimento de paredes  e até a "busca" serve para fazer adubo.

Estamos perdendo uma oportunidade de negócio.

Plantar coqueiros em Icapuí não serve somente para gerar renda com o produto, serve também para outra modalidade econômica da cidade, o Turismo. Como os coqueiros estão morrendo e não são substituídos, já é visível os clarões abertos dentro do Mar de Coqueiros, que tanto encantam visitantes e essa preocupação deve ser conscientizada pelos Icapuienses, que estão perdendo um dos seus símbolos e cartão postal da cidade. 

É necessário investimento, divulgação e capacitação para que os produtores de Icapuí voltem a plantar coqueiros e que consigamos desenvolver a cadeia produtiva do coco na cidade, não servindo somente de fornecedor de produtos in-natura, mas que possamos industrializá-los aqui mesmo na cidade.

OPOVO: Produção de coco no Ceará não atende demanda

Com cerca de 70 mil toneladas anuais, segundo a Adece, o setor de coco, no Ceará, não consegue atender à demanda industrial que é calculada em 90 mil toneladas/ano

Somando todos os gastos com o investimento, a cultura do coco 
poderia passar a dar lucro de 15%, a partir do quinto ano (FCO FONTENELE)


Com produção de 70 mil toneladas anuais, os produtores cearenses de coco não conseguem atender à demanda local que é de 90 mil toneladas/ano. Segundo o analista de mercado da Agência de Desenvolvimento do Ceará (Adece), Sérgio Baima, o Ceará ocupa o segundo lugar, no País, em área plantada, com 47.838 hectares, e o terceiro, em produção, perdendo para os estados Maranhão e Piauí.
“Além da procura do mercado internacional, que está crescendo, o Ceará tem que atender aos nossos principais consumidores que são os estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Por conta disso, há necessidade de importar dos nossos vizinhos: Pernambuco e Bahia”, afirma.
Baima, que proferiu palestra, ontem, durante a Feira Nacional do Coco, no Marina Park Hotel, explica que, atualmente, um dos problemas para investir na produção de coco é a falta de incentivos para o setor, por parte dos governos federal e estadual, e na exigência de garantia de 130% para ter acesso ao crédito. Ele explica que o custo total de produção por hectare chega a cerca de R$ 6 mil, incluindo a formação do pomar, insumos, mão-de-obra, custos administrativos e equipamento de irrigação mecanizada (pago ao longo de 10 anos). “Com uma área de 50 hectares, o custo chegaria a R$ 300 mil, o que não é pouca coisa, pensando que você precisa ter mais que o dobro disso para dar de garantia”, diz.

Bom Negócio
Apesar dessas dificuldades, Sérgio Baima afirma que o coco voltou a ser um bom negócio, porque, somando todos os gastos com o investimento, poderia passar a dar lucro de 15%, a partir do quinto ano. Além de produtos voltados para a culinária, como o leite-de-coco, o coco ralado e água de coco, há pesquisas voltadas para o desenvolvimento de outros produtos, como mantas e telas para proteção do solo, produção de papel, enriquecimento de alimentos, pranchas pré-moldadas para a construção civil, dentre outras utilidades.

Em relação à água de coco, Baima diz que os dados oficiais não são detalhados porque as exportações são contabilizadas como suco de frutas, diferente do suco de laranja, que possui classificação à parte, já que o Brasil é o maior exportador mundial desse produto. “Se tirarmos o suco de laranja, que é produzido em São Paulo, o Ceará, atualmente, é o segundo maior exportador de sucos de frutas do Brasil. Como a água de coco é a maior parte dessa exportação, então o Estado é também o segundo maior exportador de água de coco do País”,

Durante a Fenacoco, que se encerra hoje, também estão sendo discutidas ações sustentáveis de reaproveitamento da casca do coco verde e outros assuntos de desenvolvimento da cadeia produtiva, desde a produção, o beneficiamento e o reaproveitamento dos resíduos.


O quê


ENTENDA A NOTÍCIA

Apesar de apresentar boa lucratividade e potencial de exploração de novos produtos, o setor de coco ainda encontra obstáculos na falta de incentivo por parte do governo e na dificuldade de acesso ao crédito.


NÚMEROS


47,8
MIL HECTARES
é a área plantada de coco, no Ceará


6
MIL UNIDADES/ HECTARES
é a produtividade média dos produtores cearenses


SAIBA MAIS



O Brasil é o 5º maior produtor mundial de coco, atrás da Indonésia, Filipinas, Índia e Sri Lanka. A região Nordeste produz 80% do coco brasileiro.
 

Os maiores produtores cearenses de coco são os municípios de Trairi, com 23,9 milhões de unidades/ano e área de 6.940 hectares; Itarema (19,2 milhões de unidades e 6.335 hectares) e Acaraú (17,7 milhões de unidades e 4.732 hectares).
 

O Fenacoco conta com palestras de pesquisadores de entidades como Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Universidade de São Paulo (USP) e Agência de Desenvolvimento do Ceará (Adece).



Produtividade em baixa

 O produtor de cocos Cléber do Rosário, de 42 anos, mantém uma fábrica de coco ralado, no município de Icapuí, há oito meses, mas está preocupado com o plantio que mantém, em 100 hectares, no município de Baraúna, no Rio Grande do Norte. A demanda tem aumentado, mas o excesso de chuvas prejudicou a produção que, atualmente, está em 20 toneladas por mês. “Com a melhora do clima, queremos dobrar a produção até o final do ano”, afirma.


Fonte: OPOVO